Barreira sanitária volta a ser cogitada em Alta Floresta

Reprodução: Click Macaé

A confirmação do primeiro caso de infecção pela COVID-19, em Alta Floresta, reacendeu o debate sobre a necessidade de se instituírem barreiras sanitárias nos acessos à cidade, como medidas de prevenção à disseminação da doença.

Nas redes sociais, munícipes tem relatado preocupação com a ampla retomada da circulação de ônibus na rodoviária, oriundos de diversas cidades, o que dificulta a triagem das pessoas.

Outra preocupação estaria no tráfego aéreo.

Apesar de a companhia Azul Linhas Aéreas ter suspendido os voos a Alta Floresta, não há como triar os passageiros de aeronaves que pousam ou decolam nas pistas particulares. Circula sugestão de centralizar os pousos e decolagens privados no aeroporto municipal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.